Being Boring

Direção: Lucas Ferraço Nassif

Musical de câmara. Elxs tiveram sua dança delimitada numa frágil tentativa de encenação. Considerando as dificuldades de seus lugares, umx deveria estar sempre de pé enquanto x outrx deveria estar sempre sentadx. Seus rostos e seus corpos estão expostos: lidando com esses lugares delimitados, acumulando em seus movimentos desconforto e sucesso. Pra que cantar canções se nunca nem vão te ouvir?

Sutis Interferências

Direção: Paula Gaitán

Estudo de som a partir da obra de Arto Lindsay e de sua relação com a escrita câmera/corpo e a música.